Diante das bolhas, como ter a minha vida de volta?

Tempo estimado de leitura: 1 minuto

Por vezes, somos demandados diante das diversas bolhas que se sucedem. Como recuperar a nossa vida de volta? Nesse trecho, o Lama Padma Samten aponta como deveríamos dirigir a própria vida diante desse turbilhão de bolhas no dia-a-dia:

“Um dos itens dos 14 conselhos para avançar na prática é: mantenha a prática regular. Às vezes, as pessoas têm uma divergência quanto a isso. Por exemplo, Dudjom Lingpa vai ensinar a iluminação sem meditação. A prática formal nos ajuda muito porque,  quando estamos nos movimentando no cotidiano, é muito fácil ficarmos arrastados pelas dependências da mente, da energia e do corpo com relação às situações ao redor.

Se a gente não criar uma prática regular num certo tempo, não vamos ter uma liberdade para focar nos ensinamentos, porque estaremos preocupados com outras coisas. Isso é necessário.

Vamos imaginar assim: os budas nos oferecem bençãos e nós rezamos para eles, aspirando por bençãos. Mas se não oferecermos as circunstâncias de se dispor a receber as bençãos, não adianta pedir. Receber as bençãos é fazer as práticas. É no meio da prática que as intuições e compreensões brotam. Isso é essencial.

Quando isso acontece, durante a noite também seguimos operando: vêm imagens, vêm ideias, vamos avançando dia e noite. Então, mantenham a prática formal regular.”


Lama Padma Samten, Retiro de Verão de 2019, sobre os “14 Conselhos do Coração para Andar Rápido no Caminho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *