Guia de estudos | Os Quatro Pensamentos que transformam a mente

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto
Quando nós estudamos os textos na verdade nós tentamos descobrir o lugar sutil onde o mestre estava quando ele encontrou aquelas palavras. Esse lugar é o lugar mais importante. De uma forma consciente ou intuitiva, nós nos aproximamos desse lugar.
~ Padma Samten em Ensinamentos com o Lama Padma Samten 07/02/2018

Palavras-chave:

linhagem, vida humana preciosa, impermanência, morte, doença, carma, sofrimento, como sair do sofrimento, três tipos de sofrimento, refúgio e bodicita

Qual a importância desse tema?

“Chacolhar” as estruturas de apego e nos recolocar na rota da motivação correta e do refúgio para além do alcance da roda da vida.

Etapa do Nobre Caminho óctuplo:

Primeiro passo


Texto principal de estudo:
Textos de apoio

Em que confiar?

Como todos os diversos professores e ensinamentos a que estamos expostos hoje em dia, como sabemos a quem ouvir e em que ensinamentos confiar? Quando praticamos essas Quatro confianças, podemos ter certeza de que estamos no caminho certo e receberemos o benefício completo dele.

O que evitar?

Nesse ensinamento clássico da linhagem Nyingma, Patrul Rinpoche nos convida a refletirmos sobre a postura ideal que deveríamos assumir quando encontrarmos com os ensinamentos.

Com uma linguagem bem-humorada e atual, o Lama Padma Samten comenta o ensinamento dos “defeitos do pote” sob a perspectiva das seis emoções perturbadoras.

 

Sobre o autor

Desde 2011, dedica sua atenção e curiosidade à meditação e a sabedoria milenar do Darma. É aluno de Lama Padma Samten. Praticante no CEBB Recife (PE).

6 comentários em “Guia de estudos | Os Quatro Pensamentos que transformam a mente

  1. Pingback: Como parar de perder tempo no caminho? | Roda do Darma

  2. Pingback: | Roda do Darma

  3. Pingback: Encontro | Meditação e sabedoria para vida diária | Roda do Darma

  4. Pingback: Tenho pouco tempo meditar. Como começo? | Roda do Darma

  5. Pingback: #13 | Como transformar a mente da carência? | Roda do Darma

  6. Pingback: 15 | Como digerir nossos desejos e apegos? | Roda do Darma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *