O que significa se tornar iluminado?

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O que significa ser iluminado? Quando atingimos o ponto último, nossas lembranças, memórias e habilidades desaparecem? No trecho a seguir, o mestre tibetano Yongey Mingyur Rinpoche expressa de maneira descontraída e engraçada a sua experiência em relação ao tema.


Um dia perguntei a meu pai (Tulku Urgyen Rinpoche):

“Quando eu for iluminado, eu poderei me lembrar de mim mesmo? Meu antigo eu?”

Não era incomum meu pai rir afetuosamente de minhas perguntas, mas ele achou isso particularmente hilário. Então ele explicou que a iluminação não é como estar possuído por um espírito.

A cultura tibetana tem uma tradição de oráculos, pessoas que se tornam possuídas por espíritos e fazem previsões e profecias. Quando isso acontece, eles esquecem seus antigos “eus” e se tornam seres diferentes; eles rodopiam e caem como bêbados loucos. Para imitar o comportamento selvagem deles, meu pai balançou os braços, levantou um joelho de cada vez e dançou em círculos.

De repente, ele parou e disse: “Não é assim. Despertar é mais como descobrir a si mesmo. ”Ele juntou as mãos e me disse:“ Se você tem um punhado de diamantes, mas não percebe o que são, trata-os como seixos. Depois de reconhecê-los como diamantes, você poderá usar suas preciosas qualidades. Tornar-se um Buda é como descobrir um diamante na sua mão. Você está se descobrindo, não se livrando de si mesmo. ”


Yongey Mingyur Rinpoche

É aluno de Lama Padma Samten. Desde 2011, tem sua atenção e curiosidade roubadas pela meditação e a sabedoria milenar do Darma de Buda. É tutor do Programa de Formação de Facilitadores do CEBB, sob orientação de seu mestre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *