Como lidar com problemas pessoais?

problemas-pessoais
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Como lidar com problemas pessoais? Pularemos a parte dramática e trágica sobre o tema. Se você precisa de ajuda de um profissional capacitado, seja amoroso consigo e procure ajuda.

A prática a seguir requer um conhecimento prévio, um estudo sobre o tema pois “chacoalhará” a nossa sacola de emoções e padrões habituais. Sugiro olhar com cuidado e apenas seguir se estiver bem consigo. Do contrário, evite bancar o herói ou a heroína. Acolha-se, entre em contato, peça para conversar.

Ao lidarmos com problemas pessoais, olhamos com cuidado e não encontramos pistas sobre quem ou quê realmente provocam os incêndios internos. Olhe com atenção para dentro, respire! Sinta isso.

Agora, considere: neste exato momento, todos os seres – inclusive você – aspiram encontrar a felicidade e buscam evitar a infelicidade. Mas, sem uma compreensão mais profunda da realidade, acabam cometendo as ações não-virtuosas e reforçam as amarras de samsara.

A saída dos problemas pessoais é ver como e onde eles se dissolvem

A saída é olhar novamente para os mesmos problemas, porém pelo avesso. Bodicita é a solução dos nossos problemas pois ao acolhê-los e aceitá-los como são, nossa necessidade de resolver tudo ou consertar as coisas se evaporam como nuvens no céu.

Vamos praticar!?

Como lidar com problemas pessoais?

Em um caderno, o seu “diário de práticas”, escreva uma lista de pessoas, locais, situações, dificuldades, etc. Tudo em primeira pessoa, sem medo, sem mistérios. Em seguida, respire, relaxe. Agora, olhe novamente, como quem olha em terceira pessoa para o que foi escrito e contemple:

  1. Compreenda como a identidade surge e se estrutura (três animais, ou seis reinos, ou doze elos);
  2. Veja! Todas as identidades são um processo de relação, ou seja, a mente é livre e cada um de nós é um processo de escolha automatizado;
  3. Identifique a autoimagem sustentada na relação como o “eu e o mundo”, “eu e o(a)(s) outro(a)(s)”, “eu-isso” e “eu-aquilo”, “eu e meu”, “eu e minha”;
  4. Examine esses processos dentro da perspectiva dos seis reinos:
    1. Enquanto liberdade, reconheça a sua possibilidade de dizer “ou não” diante do que é perturbador;
    2. Reconheça que é possível converter uma situação que era recorrente em você e a entenda sob o ponto de vista da possibilidade de liberação do reino em questão.
  5. Entre em contato com a experiência, sem fugas, e aceite-a com lucidez:  
    1. O corpo envolvido nessa situação ( o peso, a tensão, a angústia);
    2. A energia (sensação de chacoalhamento, alteração dos lungs);
    3. A mente  (raciocínio, conclusões, pensamentos);
    4. A paisagem (a aspiração sutil de acionar/sustentar/controlar – os seis reinos);
  6. Repouse de qualquer elaboração mental;
  7. Mantenha a compaixão acesa na mente e no coração; motivação do bodisatva, bodicita.

Para ajudar, segue o quadro-resumo:

Material de apoio

Sugiro manter lado-a-lado, os seguintes quadros/modelos de mapeamento emocional:

Sentiu dificuldade?

Para ajudar, sugiro estudar com calma os dois estudos sobre o tema em questão:

E você, conseguiu ver os “problemas” além de si mesmo? Deixe seu comentário.

Seguimos no giro da Roda do Darma!

Imagem de Shift and Sheriff por Pixabay

Author Details

Ajudo pessoas a partir do Darma a se tornarem responsáveis por seus mundos internos. Desse modo, facilito a harmonia individual, familiar e social. Aluno de Lama Padma Samten desde 2011. Tutor no CEBB.

1 comentário em “Como lidar com problemas pessoais?

  1. Pingback: Como lidar com uma crise pessoal? | Roda do Darma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *