Além do pessimismo e do medo com a Alegria incomensurável

alegria incomensurável
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Quando entramos nos automatismos das bolhas,  na negatividade, ficamos indispostos a abrir nosso coração nas relações. Uma das vias mais rápidas de reverter esse processo, é reconhecer a mente criadora das virtudes e desvirtudes nas nossas vidas. As quatro qualidades incomensuráveis estão disponíveis no caminho do treinamento da mente e nos abrem o acesso de volta à lucidez.  São elas – compaixão, amor, alegria e equanimidade.

Em todos os nossos atos – seja em corpo, fala e mente – buscamos a felicidade. Ao estreitar o nosso foco em nós mesmos, essa suposta felicidade nos torna indiferentes aos outros ao nosso redor e, portanto, essa é uma aspiração muito pequena. Por exemplo, a alegria incomensurável não surge de uma situação externa, por exagero ou controle: se eu ganho aumento no salário, eu sorrio. Do contrário, fico triste.

Felicidade é…

Quando você está torcendo apenas pela sua própria felicidade, esse é um sintoma profundo de desgaste e solidão. Por uma distração mental, um descuido, nós mergulhamos nas seis emoções perturbadoras, e podemos achar, por exemplo, que a grama do vizinho está mais verde ou que ele tem um automóvel mais robusto que o nosso. Assim, vamos criando o hábito de reativar a inveja, mesmo com coisas mais simples e banais.

Bom, pode ser que o carro do vizinho seja melhor, mas tem essa inveja gritante, segue nas outras áreas da sua vida. Já percebeu isso? É sempre uma postura de mendigo! A alegria aqui seria ter um carro melhor. Ora, isso funciona, mas em última análise, é algo superficial, frívolo, geralmente está ligado a algum tipo de prazer , desejo e apego, e portanto é volátil. 

Alegria incomensurável e a alegria “fogo de palha”

A alegria comum tem como composto químico uma mistura de êxtase e frustração. Quando você se alegra pelas conquistas, sonhos, ideias, do outros verdadeiramente, você cria um campo de virtude. É melhor se dar conta de que toda felicidade temporária está sujeita ao colapso.

A alegria incomensurável, a atitude de nos alegrarmos com a felicidade dos outros, é uma sensação muito mais abrangente. Veja: você está se alegrando em conexão com as pessoas, com a felicidade daqueles ao seu redor. Seu pulmão se preenche por isso e surgem sorrisos verdadeiros. 


Inscreva-se para receber os informativos gratuitos do Roda do Darma por e-mail .



Observe o que acontece quando você está disponível para ver o outro crescer na saúde, nos relacionamentos, e principalmente,  no avanço no treinamento da mente. Nós até podemos ter um sorriso estampado no rosto, de orelha a orelha, e nos descrevemos como “felizes”. Mas, quando essa suposta felicidade, está indiferente à dos outros, ela é algo menor, por isso surge essa falta interior.

Alegria como uma ferramenta de transformação

É crucial descobrirmos a alegria incomensurável como uma ferramenta de transformação ao nosso alcance. Estamos um pouco medíocres de alegria verdadeira, uma alegria digamos, abundante. É tanto que se alguém se alegra conosco, podemos achar que a outra pessoa está com segundas intenções.

Não estamos fazendo vista grossa para as ações negativas (matar, roubar, mentir, e assim por diante). Você deveria parar agora, meditar um pouco e, por experimentação, constatar a fixação nas bolhas, como suportes à negatividade. Você verá como nossos corações se blindam em diversas situações. A pergunta natural será – como fazer diferente? 

Nós criamos virtudes e desvirtudes com a mente. Nós nos distanciamos tanto das quatro incomensuráveis que acabamos esquecendo que momentos curtos e breves de alegria passam despercebidos durante o dia,  o que realmente importa, surge como uma cortesia, um posso ajudar? Quer um cafézinho? Posso te ligar de que horas? Ter interesse sem barganha. É muito diferente de uma alegria tóxica onde algumas pessoas se acham espertas demais e abusam do sarcasmo, insulto e calúnia. 

Alegria incomensurável como um antídoto para inveja

A alegria incomensurável também é um poderoso antídoto para inveja pois como estamos focando na alegria e crescimento do outro, não há espaço para perguntas infantis como: “porque eles conseguem isso e aquilo, e eu não?” Em vez disso, aspiramos que o outro possa verdadeiramente encontrar a felicidade. E, se depender de nós, faremos tudo que estiver ao nosso alcance, para que isso aconteça. 

Ainda sobre o tema da alegria incomensurável, trago algumas citações de grandes mestres da tradição:

Mingyur Rinpoche afirma: 

Em The Path of Purification, é dito que o inimigo distante da alegria é a aversão e o tédio. Acredito que estes são parentes próximos do pessimismo e do desespero.

Em meditando a vida, Padma Samten diz:

“A alegria é a terceira qualidade. É a capacidade de se alegrar com as alegrias e vitórias dos outros, pequenas ou grandes. É um poderoso antídoto contra a inveja.”

E por fim, O Lama Alan Wallace explica a união de meditação e as quatro incomensuráveis:

A causa imediata da alegria empática é simplesmente a consciência da virtude e da alegria de outras pessoas. Portanto, essa prática é principalmente aprender a prestar atenção. Se realmente estamos atentos ao sofrimento de outras pessoas, a compaixão surge naturalmente. E, se prestamos atenção à felicidade e ao sucesso, alegria empática é uma resposta natural.

Quanto mais estivermos atentos as outras pessoas, será natural surgir compaixão, amor,alegria e equanimidade. Por isso, alinhamos o foco da mente com shamata, e surge concentração na prática de meditação. Em seguida, com as qualidades que abrem o coração,  nos alegramos em oferecer compaixão e amor nas diversas relações. Isso inclui a maneira como a gente se relaciona conosco e com os outros.

Ouça agora o podcast “Além do pessimismo e do medo | alegria incomensurável”



Referências 

Junte-se a nós! 



Participe!

Author Details

Ajudo pessoas a partir do Darma a se tornarem responsáveis por seus mundos internos. Desse modo, facilito a harmonia individual, familiar e social. Aluno de Lama Padma Samten desde 2011. Tutor no CEBB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *