Podcast | #9 – Estudo sobre as quatro nobres verdades – Equanimidade: como lidar com as crises?

equanimidade,crise
Esse artigo faz parte da série As Quatro Nobres Verdades com 14 publicações
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Equanimidade no contexto dos ensinamentos é simplesmente fazermos o que precisa ser feito sem a necessidade de aprovação ou afundarmos com uma rejeição. Além disso, ela tem como base de ação a compaixão, o amor e a alegria, completando assim o ciclo das quatro qualidades incomensuráveis.

Quatro Qualidades incomensuráveis

As quatro qualidades incomensuráveis representam o quinto passo do caminho óctuplo. E, portanto essa etapa, acima de tudo, resplandece o amadurecimento da lucidez. Afinal, como bodisatvas andando em meio ao mundo, como podemos trazer benefícios verdadeiros aos seres?

Sugestão para aproveitar os estudos:

  1. Leia o trecho “Darma da vez”;
  2. Procure exemplos em sua vida com pessoas próximas, nos noticiários, nas diversas conversas entre amigos, no trabalho, etc.
  3. Escute a gravação do estudo em grupo no podcast;
  4. Acompanhe o conteúdo abordado no texto e enriqueça a sua compreensão;
  5. Anote as eventuais dúvidas e se preferir, compartilhe com o grupo aquilo que achar apropriado, dentro do escopo do tema.

Equanimidade: como lidar com as crises internas?

Darma da vez

página 26

Aqui no quinto passo, também estamos sentido uma alegria, e se indexarmos essa alegria a uma identidade, ou seja, recriarmos uma identidade no meio disso, vamos surgir no reino dos deuses. Mas podemos olhar essa alegria dentro da Bodichita Superior, ou seja, no caminho médio superior, estamos olhando como um exercício natural de liberdade. Então isso não quer dizer que essa alegria venha de um dote pessoal, mas é justamente porque abandonamos o foco nas identidades é que ela brota. Se houver essa compreensão, isso é liberdade, é liberação, não é a fixação num estado particular.

A equanimidade também é um item muito importante, porque ela é o fim da crise existencial. A crise existencial está sempre ligada a uma busca de ajuste, de acerto, é o próprio equilibrista, e o equilibrista às vezes funciona, às vezes não. Mas aqui, quando brota a equanimidade, vemos que a nossa ação enfim, vai ser sempre a mesma prática, não temos nada para equilibrar, vamos praticar amor, compaixão, equanimidade e alegria. É o que vamos fazer no mundo.

Então dizemos “problema resolvido, é isso o que eu tenho que fazer!” Não é mais uma questão de ficar sempre avaliando para que direção vamos. Vai se tornar muito claro o que devemos fazer. Nas mais diferentes situações, isso vai surgir de diferentes formas, mas será sempre a mesma ação, a ação por amor, compaixão, alegria e equanimidade. Nesse ponto a nossa vida se torna simples, consideravelmente simples. Enfim brota um equilíbrio, igualdade de animo, sempre temos uma disposição positiva.

Podcast

A seguir, aperte o play e acompanhe o estudo em áudio:

Estudo sobre a equanimidade: como lidar com as crises?

Créditos da imagem de かねのり 三浦 por Pixabay

Se liga na série<< Podcast | #8 – Estudo sobre as quatro nobres verdades – Alegria sem exigênciasPodcast | #10 – Estudo sobre as quatro nobres verdades – Equanimidade: como simplificar a vida? >>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *