Podcast | #12 – As quatro nobres verdades – Paciência: sem tempo para culpados

paciência
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

paciência na perspectiva budista nos ajuda a perdoar a nós mesmos e aos outros nas diversas situações. Com a motivação de ajudar verdadeiramente, além dos interesses autocentrados, a partir do quinto passo, do nobre caminho óctuplo, nós temos essa nuance que é como andar no cotidiano mantendo a visão de compaixão, sabedoria e as ações transcendentes em corpo, fala e mente?

As seis perfeições (paramitas)

  1. Generosidade
  2. Moralidade
  3. Paciência (atual)

Sugestão para aproveitar os estudos:

  1. Leia o trecho “Darma da vez” escutando a gravação do estudo em no podcast ;
  2. Enriqueça a sua compreensão: Procure exemplos em sua vida com pessoas próximas, nos noticiários, nas diversas conversas entre amigos, no trabalho, etc.
  3. Antes de seguir para o próximo estudo, anote os exemplos ou as eventuais dúvidas e se preferir, compartilhe com o grupo de apoio aquilo que achar apropriado, dentro do escopo do tema.

Darma da vez

Paciência e perdão – sem tempo para culpados

Depois da moralidade naturalmente vem a paz ou paciência, em sânscrito Kshanti. Se estamos praticando todas essas qualidades que vimos até agora, a paz se torna completamente natural, não temos nenhuma dívida para trás. Eventualmente se tivermos alguma dívida, dizemos “eu agi numa paisagem equivocada”, e aí refazemos os votos e está resolvido. Se vier alguém e quiser cobrar alguma coisa, será verdadeiro, lúcido, porque realmente fizemos algo equivocada, “é justo que você esteja irritado, esteja mal e queira brigar, me agredir”, entendemos isso. Mas por outro lado não sentimos culpa, não há a internalização de uma culpa, entendemos a situação dentro de uma perspectiva muito mais ampla.

Se o outro quiser nos matar, por exemplo, entendemos que ele vai agir preso a uma paisagem, da mesma forma como agimos, e estávamos equivocados. Entendemos que o outro está preso à mesma paisagem onde agimos, e por isso, entendemos que ele, naquela paisagem, está lúcido, ou seja, agimos mal e o outro quer nos agredir. Mas antes de morrermos ou sermos agredidos podemos dizer “Antes de você me matar saiba que você está perdoado, isso é assim mesmo, isso é normal, é completamente lúcido, um dia você vai se dar conta de que também agiu errado, e então saiba que você foi perdoado”. E pronto, quitamos o carma, e ainda ajudamos o outro a não carregaraquilo.

Podcast

  A seguir, aperte o play e acompanhe o estudo em áudio:

Paciência e perdão – sem tempo para culpados

**Imagem de Willi Heidelbach por Pixabay

Author Details

Ajudo pessoas a partir do Darma a se tornarem responsáveis por seus mundos internos. Desse modo, facilito a harmonia individual, familiar e social. Aluno de Lama Padma Samten desde 2011. Tutor no CEBB.

6 comentários em “Podcast | #12 – As quatro nobres verdades – Paciência: sem tempo para culpados

  1. Pingback: Podcast | #13 - Energia constante | Roda do Darma

  2. Pingback: Podcast | #14 - As Quatro Nobres Verdades - Como ajudar? As quatro formas de trazer benefícios. | Roda do Darma

  3. Pingback: Podcast | #15 - O caminho veloz da meditação - Pt.1 | Roda do Darma

  4. Pingback: Podcast | #16 – Parar e olhar | Roda do Darma

  5. Pingback: Podcast | #18 – O que acontece na meditação? Parar e acalmar, reconhecer e liberar | Roda do Darma

  6. Pingback: Podcast | #17 – O que acontece na meditação? Parte 1 | Roda do Darma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *